13:52:48

Alvorada, 28 de julho de 2017

menu

editorias

jornal impresso

Em Breve

colunas

Municípios Página inicial Municípios Recomendação da DPE-TO pede que ATS regularize o fornecimento de água em Dueré « voltar

Recomendação da DPE-TO pede que ATS regularize o fornecimento de água em Dueré

31/05/2017 16h49

A DPE-TO – Defensoria Pública do Tocantins, por meio NUAmac - Núcleo Aplicado das Minorias e Ações Coletivas de Gurupi, emitiu uma Recomendação para ATS - Agência Tocantinense de Saneamento para que promova, em caráter de urgência, a regularização do fornecimento de água potável encanada nos locais com problemas de abastecimento na cidade de Dueré, na região Sul do Estado.

“E que o fornecimento seja feito de forma adequada, eficiente e contínua, devendo ser adotadas medidas que resolvam definitivamente o problema de interrupção do serviço, que ocorre por tanto tempo, principalmente no tempo de estiagem. O acesso à água é um direito humano fundamental e deve ser garantido”, reforçou o coordenador do NUAmac Gurupi, Leandro Gundim.

Segundo ele, a Defensoria Pública recebeu reclamações dos moradores relativas à interrupção do fornecimento de água potável encanada e que além de atingir toda população de Dueré também está prejudicando pessoas da região que necessitam dos serviços prestados para as necessidades básicas como alimentação, higienização e água potável para o consumo.

“A TV Anhanguera também divulgou que o problema ocorre há muito tempo, sendo uma falha no abastecimento que ocorre em vários pontos da cidade e há pelo menos dois meses. O lugar mais crítico seria no setor Dona Alba, local onde a água só chegaria às casas por poucas horas durante a madrugada”, relatou o Defensor Público.

A Recomendação foi protocolada no dia 25 de maio e prazo para resposta do expediente é de 15 dias, conforme fundamenta o artigo 8º da Lei nº 7.347/85.

“Firmes em nosso propósito institucional de defesa dos mais fracos, esperamos que o problema seja resolvido enquanto antes, caso contrário, teremos que manejar outras medidas para tentar resolvê-lo”, argumenta.

Autor: Rose Dayanne Santana

 

Comentar

  • Nome: *
  • E-mail: *
  • Mensagem: *
  • Informe o código ao lado:
  •  

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.