Goiás

Prefeitura usa drone para localizar focos de Aedes aegypti em Porangatu

Ação está sendo realizada em Porangatu, no norte de Goiás. Equipamento ajudará agentes de endemias no combate ao mosquito.

  • Publicado em 08/Fev/2018 às 18h36 ( atualizado às 18h44).



A Prefeitura de Porangatu, no norte de Goiás, está usando um drone para ajudar os agentes de endemias no combate ao Aedes aegypti. O mosquito é transmissor da dengue, zika e chikungunya. O equipamento está sendo utilizado em locais de difícil acesso. Os moradores serão notificados caso algum foco seja encontrado no imóvel deles.

"Esse drone vai servir para a localização de focos de difícil acesso como em cima dos telhados, caixa d'água descoberta, calhas entupidas que possam acumular água", explica o gerente de Endemias, Marcio Arruda.

Na cidade, alguns lugares foram flagrados com concentração de lixo e água acumulada. Algumas casas já foram visitadas e em algumas foi preciso a interferência de um chaveiro, pois os imóveis estavam abandonados. "É mais uma ferramenta que a gente tem para utilizar, nesses imóveis de difícil acesso", finalizou o gerente de endemias Márcio Arruda.


Reforço busca eleminar focos da doença na cidade. 

 

Além dos chaveiros, agora agentes de endemias contam com o apoio da tecnologia. Video mostra casa fechada com criadoro do mosquito.