Geral

Governo investe mais de 6 milhes na compra de novos reservatrios

Superintendente de Saneamento, Roberta Castro, e a engenheira Kamilla Martins, apresentam ao presidente da ATS, localidades contempladas neste ms - Tacio Pimenta/Governo do Tocantins

  • Publicado em 10/Out/2017 s 14h25 ( atualizado s 14h34).

Lidiane Moreira/Governo do Tocantins



Superintendente de Saneamento, Roberta Castro, e a engenheira Kamilla Martins, apresentam ao presidente da ATS, localidades contempladas neste mêsTacio Pimenta/Governo do Tocantins

Com o investimento de R$ 6.545.459,00, o Governo do Tocantins, por meio da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), adquiriu 80 novos reservatórios que irão beneficiar os municípios atendidos pela autarquia. A empresa ganhadora do processo licitatório tem o prazo máximo de 60 dias para entregar os reservatórios montados e instalados nas localidades.

Alguns dos municípios atendidos possuem o mesmo reservatório desde quando foram criados. O presidente da ATS, Eder Fernandes, destaca os esforços para solucionar os problemas herdados por anos de uso e má conservação que geravam gradativa deterioração. Para o gestor, a aquisição dos novos reservatórios representa a solução definitiva desta demanda e um marco no saneamento básico do Tocantins.

"É uma alegria muito grande, poder enfim fazer a substituição e a ampliação da reserva de água. Os reservatórios eram muitos antigos, a maioria ainda da época da Saneago. E, agora, estamos conseguindo atender a determinação do governador Marcelo Miranda, que é de substituir esses reservatórios: 10 serão instalados neste mês de outubro. E assim, a cada mês, serão substituídos aqueles que precisam ser substituídos, e outros onde há déficit de reservação", declarou Eder Fernandes.

Detalhes

Dos 80 reservatórios, 45 são do tipo coluna com capacidade para 75 mil litros de água, o valor unitário é de R$ 70.920,00, valor total de R$ 3.191.400,00.

Destes, cinco são reservatórios tipo corpo e taça com capacidade para 55 mil litros de água, valor por unidade de R$ 67.950,00, total de R$ 339.750,00.

Mais 10 reservatórios corpo e taça, 50 mil litros de água, valor unitário R$ 64.800,00, total de R$ 648.000,00. E 20, tipo taça, sendo 10 com 30 mil litros de água, valor unitário de R$ 54.180,00 e total R$ 541.800,00. E 10 com capacidade de 25 mil litros de água, valor por unidade de R$ 50.580,00, total de R$ 505.800,00. Valor global de R$ 6.545.459,00.

De acordo com a engenheira civil Kamilla Martins Rodrigues, responsável pelo projeto-base, os reservatórios são fabricados em aço e revestidos com tinta epóxi, altura entre 10 a 13 metros, todos eles contêm escada com guarda-corpo.

“Com os cuidados adequados como limpeza e manutenção, um reservatório de aço dura aproximadamente 20 anos, uma vez que este apresenta uma alta resistência à corrosão atmosférica e seus revestimentos intensificam sua durabilidade”, finalizou a engenheira.