Política

Ausência de Laurez na discussão dos empréstimos que destinaram recursos aos municípios gera críticas na Assembleia

  • Publicado em 13/Set/2017 às 19h08 ( atualizado às 09h49).

Os deputados que discutiram exaustivamente a destinação de recursos para obras nas cidades tocantinenses lamentaram a ausência do prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, que não acompanhou nem intercedeu para que seu município fosse contemplado com os recursos dos empréstimos pleiteados pelo Governo do Estado junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal.

Graças à articulação do presidente da Casa, deputado Mauro Carlesse, Gurupi será beneficiada com cerca de 90 milhões de reais com contrapartida para a construção do Hospital Regional da Cidade, a cobertura do Rezendão, a reforma do ginásio de Esporte Idanezete de Paula e a pavimentação de 65 km da TO-365, no trecho Gurupi-Trevo da Praia.

“Enquanto o prefeito Ronaldo Dimas liderava a batalha a fim de conseguir mais recursos para Araguaína, Laurez Moreira não se apresentou para defender os investimentos em Gurupi. Ele devia estar aqui lutando pela cidade, que corria o risco de perder os investimentos que nós conseguimos. A votação foi um verdadeiro campo de batalha com cada deputado, juntamente com as lideranças municipais, apresentando emendas para remanejar os recursos do empréstimo e garantir mais obras para as cidades. Felizmente, deu tudo certo, apesar da ausência de Laurez que, inclusive, se encontrava em Palmas na hora das votações, nós conseguimos contemplar Gurupi e região”, desabafou Carlesse.