Geral

Aprovada urgncia para projeto que torna crime hediondo o porte ilegal de armas de uso restrito

  • Publicado em 08/Ago/2017 s 19h41 ( atualizado s 19h45).

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 332 votos a 7 e 2 abstenções, o regime de urgência para o Projeto de Lei 3376/15, do Senado, que torna crime hediondo a posse ou o porte ilegal de arma de fogo de uso restrito das forças policiais e militares. Após a votação, a sessão ordinária foi encerrada.

Os deputados realizarão sessão extraordinária em seguida para discutir a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 70/11, do Senado, que muda o rito de tramitação das medidas provisórias no Congresso.